Verão 2009 / 2010


SENAI-SP LANÇA CADERNO DE TENDÊNCIAS

MODA VERÃO 2009/2010

 A publicação foi lançada no dia 26 de março em evento que contou com a presença da primeira dama do Estado de São Paulo, Monica Serra.

 As novidades

 O caderno de moda do SENAI aponta as tendências do vestuário adequadas aos perfis de cinco grupos de consumidores:

 

O contemporâneo – A matéria-prima das peças respeita a sustentabilidade ambiental, tendo como meta preservar a biodiversidade e os ecossistemas naturais. Exemplo claro disso são os tecidos de fibra, confortáveis e duráveis obtidos da reciclagem das garrafas PET. As combinações lineares e refinadas de tecidos como ráfia, bambu e juta, com acabamentos rústicos e de qualidade também vão de encontro a esta contemporaneidade.

Para esse público, a modelagem vem com slim-fit em construções de alfaiataria ou peças mais retas e confortáveis, que se harmonizam ao movimento e contorno do corpo. Além disso, há espaço para peças como pantalonas, e macacões. As tonalidades vão do verde, que remetam às folhagens, aos neutros como areia e cinza-grafite, passando pelos vermelhos e violáceos menos encorpados.

 

O esportivo – A harmonização dos contrastes resume bem o estilo de vida e projeção estática desse usuário. A sofisticação é encontrada em meio ao despojamento e a tecnologia, aliada aos materiais orgânicos em busca do máximo conforto.

As formas das peças são assimétricas e trabalhadas com recortes, formando blocos de cores que compõem vestidos em linha “h”, calça over size, jaquetas e shorts detalhados com amarrações. Já a paleta de cores traz o verde-pistache, azul-céu, rosa-claro, vermelho, laranja e cinza-concreto.

 

O irreverente – Este perfil de consumidor sofre uma forte influencia da pop art, em especial a praticada por Andy Wharol e artistas despojadas da década de 80 como Michael Jackson, Madonna, Cindy Lauper, Boy George e Prince. As peças deste guarda-roupa apresentam contraste de tamanho e cores. As formas são desconstruídas, existem combinações de peças amplas e mini em sobreposição e calça clochard (com cós alto). Nas estampas prevalecem os efeitos da pop art e elementos étnicos. As cores são contrastantes, percorrendo tonalidades de vermelho-carmim, púrpura, laranja-queimado, azul-violáceo, rosa-encorpado, verde-garrafa e verde-néon.

 

O romântico – Para este consumidor, as cores predominantes são os tons de pele, rosáceos e opacos. A inspiração é retrô, com ar ingênuo e releituras com proporções contidas, golas delicadas, babados em efeito cascata, vestidos com detalhes barrados e peças comportadas. Nas estampas, florais, laços e detalhes artesanais.

 

O sensual – De um lado, o escapismo em roupas muito curtas no estilo anos 80 em cores exageradas e transparência provocadoras feitas para consumidora muito jovem. Do outro, transparece uma sensualidade mais contida, com “recortes envelopes”. As cores remetem a especiarias como curry, páprica, coloral e matizes de dourado. As peças apresentam cintura definida, drapeados sinuosos e moulage que remetem as criações de Vionnet e Grès. A sensualidade fica por conta de decotes generosos que evidenciam o colo ou as costas, transpasses, calças slim e microssaias.

Exportar Calendário


Você pode exportar os eventos da escola para o Apple iCal, Microsoft Outlook ou Google Calendar.

Fechar